quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Delegado de Capim Grosso fala sobre briga na Praça da Feira. “Ambos eram desafetos”

Em participação na tarde desta segunda-feira, 30 de outubro, ao vivo na Transamérica Hits, o delegado de polícia de Capim Grosso, Dr. Humberto Marino, falou com mais detalhes sobre a briga registrada por volta do meio em uma das Ruas da Feira Livre de Capim Grosso, envolvendo Remilson, morador de Capim Grosso e Fábio, morador do Bairro Jacobina III, em Jacobina. “Ambos são desafetos e pelas informações, Fábio que tem problemas com bebida foi dizer desaforos ao Demilson, sendo ferido na altura do pescoço com um golpe de faca. Ferido, Demilson pegou um facão e desferiu vários golpes em Fábio, bastante ferido foi socorrido juntamente pela equipe do SAMU 192 para a UPA 24h, para os primeiros procedimentos, em seguida transferidos para a capital baiana.
O delegado falou também sobre as imagens que estão sendo compartilhadas nas redes sociais da briga que chocou a população da Feira Livre, pelo tamanho da violência registrada nessa guerra de desafetos entre feirantes, tendo como situação mais grave a de Fábio, que foi atingido pelos golpes de facão na cabeça, bem como em outras partes do corpo, a ponto de ter parte da mão esquerda decepada pelos golpes desferidos por Demilson, com ambos sendo enquadrados por tentativa de homicídio. “Não decretei a prisão de ambos em respeito à vida”, disse o delegado. “O inquérito já foi aberto com uma testemunha sendo ouvida na delegacia, agora o que a polícia mais precisa são dos instrumentos, a faca e facão. Quem estiver com essas armas favor informar a polícia”, colocou o delegado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário