sábado, 17 de fevereiro de 2018

Homem é amarrado em pneu e queimado vivo em Simões Filho

Mais um homicídio com requintes de crueldade foi registrado nesta quinta-feira (15), que sem dúvida nenhuma foi o dia mais violento de todos os tempos no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).
Em diligência pelas ruas de uma fazenda, na localidade conhecida como Guerreiro, em Góes Calmon, a equipe de brigadistas do Bombeiro Motta acabou se deparando com uma cena bastante “macabra”.
Eles estavam procurando pelo corpo do mototaxista Pedro Henrique Luz Nunes, 20 anos, desaparecido desde o último dia 8 de fevereiro, que de acordo com populares, poderia ter sido abandonado no local. Porém, ao entrarem na mata, o corpo de um homem carbonizado e em processo de decomposição foi encontrado.
Da maneira como o corpo foi localizado, é provável que a vítima tenha sido amarrada em um pneu e em seguida queimada viva. Uma das poucas coisas que restou do corpo foi um pé do tênis branco que a vítima usava no momento do crime. Aparentemente, o homem era negro e estava vestido com uma calça jeans.
Segundo informações policias, este tipo de homicídio é conhecido pelos criminosos como “micro-ondas”. Além de ser bastante doloroso, o método diminui os vestígios do crime, destruindo praticamente todas as pistas junto com o corpo incendiado.
Conforme relato dos brigadistas, é possível que o corpo seja de outro homem, também desaparecido no município que não teve sua identidade divulgada. Pelo fato do local ser de difícil acesso, a remoção do corpo só será realizada nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (16).

Fonte: http://mapelenews.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário