quinta-feira, 21 de junho de 2018

Barragem de Pedras Altas registra cerca de 60% de sua capacidade

A Barragem de Pedras Altas do Mirim, que até antes do período de estiagem que tomou conta da região em 2017, era responsável pelo abastecimento da Adutora do Sisal, com 25 localidades e 250 mil consumidores, registrou no dia 18 de junho, de acordo com relatório da CERB, repassado por Paulo, gerente da EMBASA/Capim Grosso, 53,73%, correspondente a 19.295.588 milhões de metros cúbicos de água para um volume máximo normal de 38,45hm2. LEIA MAIS


Ainda vivendo o período da estiagem, que culminou na suspensão de 70% do abastecimento da Barragem de Pedras Altas, a situação se agravou de tal maneira que os registros chegaram praticamente ao volume morto, equivalente a 5 milhões de metros cúbicos de água.
Volume morto, também chamado de Reserva Técnica de Água, é o nome que se dá à reserva de água mais profunda das represas, que fica abaixo dos canos de captação que normalmente são usados para retirar água da barragem para seu uso. Ou seja, é o que fica abaixo da captação por gravidade (sem o uso de bombas).
Com a capacidade elevada em quase 20 milhões de metros cúbicos de água, a situação do abastecimento de Capim Grosso e localidades próximas, com extensão para a Adutora do Sisal é de mais equilíbrio hídrico, garantindo assim um ano de mais tranquilidade no abastecimento humano, por conta da chuva registrada em praticamente todo o primeiro semestre de 2018.

Fonte: reportebahia.com – Foto: SECOM/Governo do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário