terça-feira, 9 de outubro de 2018

Coordenador de campanha, Wagner pede que Haddad endureça discurso sobre segurança

O senador eleito pela Bahia, Jaques Wagner, defendeu que o candidato à Presidência, Fernando Haddad (PT), suba o tom do discurso sobre segurança pública. Wagner assumiu nesta segunda-feira (8) a coordenação da campanha do petista no segundo turno. 

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, na primeira reunião com a direção do PT após a passagem de Haddad para o segundo turno, Wagner disse que o presidenciável precisa fazer uma defesa mais dura da repressão ao crime e do endurecimento da legislação penal, sobretudo em casos de homicídio.

Propostas mais incisivas na repressão a crimes são uma das principais plataformas de governo de Jair Bolsonaro, que disputa com Haddad o Palácio do Planalto.

Fonte: BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário