terça-feira, 20 de novembro de 2018

Pacientes de Capim Grosso são roubados ao passar em Feira de Santana, informa secretário


A Van que transportava na madrugada de sexta-feira, 16 de novembro, 15 passageiros com destino à capital baiana, foi roubada por três homens fortemente armados, assim informou Edimário, em participação na noite desta segunda-feira, 19, no Jornal Transamérica 2ª edição. “O carro saiu por volta de 1:30 da madrugada de Capim Grosso, com destino a Salvador, ao passar pelo Bairro Novo Horizonte, região da UEFS – Universidade de Feira de Santana, foi surpreendido por animais na pista, mas na verdade era uma armadilha praticada por três homens armados que desviaram o destino do ônibus para uma estrada vicinal, em seguida tomando pertences como dinheiro e celulares”, colocou o secretário. LEIA MAIS


Além da tensão provocada pela ação dos elementos, o motorista foi agredido com tapas no rosto e uma pancada na região do abdômen, informou Edimário, que levou o problema para a prefeita Lydia em busca de soluções para o problema que vitimou dezenas de pessoas da região. “Levamos os problemas ao governador através da prefeita Lydia, um dos comandos da Polícia Militar de Feira de Santana foi acionado, bem como prepostos da 91ª CIPM – Companhia Independente de Polícia Militar – com sede em Capim Grosso, mas a promessa de realizar patrulhamento no trecho entre 1:00 às 4:00 horas da madrugada não foi cumprida ainda”, disse o Secretário esperando que medidas sejam tomadas antes que um pai de família tenha sua vida ceifada por um desses elementos. “Vão esperar que um pai de família morra para que as providências de fato venham ser tomadas? ”, interrogou Edimário, com citações para outras ocorrências registradas durante o ano e sempre no mesmo local praticamente. “Carro de Capim Grosso, Nova Fátima, Jacobina, Campo Formoso e nada de providência até agora. Meus motoristas estão com medo de viajar, pacientes também, mas o trabalho não pode parar, sendo assim, como ficará essa situação? ”, voltou a perguntar o Secretário.

A distância de Capim Grosso a Salvador é de 260 km, sendo que para Feira de Santana, a distância é de 160 km, correspondente a 2h de viagem para o local onde as ações de elementos vêm sendo registradas. “Aproveito a audiência do seu programa para pedir a secretários da região, para unir forças em torno desse problema”, disse Edimário na expectativa que dessa vez toda a situação será contornada depois de um período de trégua por conta da promessa do próprio governador que a situação seria resolvida.

Fonte: Repórter Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário