sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Pedreiro é executado a tiros enquanto trabalhava em obra em Coité

O pedreiro Geovane Silva de Oliveira, 27 anos, foi morto a tiros no fim da manhã desta sexta-feira, 09, quando trabalhava numa obra de uma casa situada à Rua Alfeu Araújo, cerca de 200 metros da antiga sede da 26ª Ciretran de Conceição do Coité.
Segundo a Polícia o crime tem características de execução, já que a vítima trabalhava rebocando uma parede, desceram dois indivíduos de um carro (não divulgado) se aproximaram da vítima pediram para que o ajudante se afastasse e iniciaram os disparos a queima-roupa acertando principalmente a cabeça e o rosto do pedreiro que morreu no local. LEIA MAIS
Uma morador de uma rua ao lado disse que estava em casa no momento dos disparos e afirma que aconteceram exatamente às 11:25hs, “foram mais ou menos 20 tiros”, contou o morador.
Geovane é natural da região da Fazenda Corrêa, mas estava residindo com a esposa na Fazenda Queimadinha na região do Distrito de Aroeira, município de Coité.
O corpo se encontra no local onde está presente uma guarnição da PM aguardando a chegada da Polícia Civil e equipe do Departamento de Polícia Técnica – DPT de Serrinha.
Até a publicação desta reportagem não havia nenhuma informação se a vítima tinha algum tipo de envolvimento em atos ilícitos.
Fonte: Calila Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário