sábado, 1 de dezembro de 2018

Bolsonaro compara índios em reservas a animais em zoológico

Bolsonaro compara índios em reservas a animais em zoológicoO presidente eleito Jair Bolsonaro comparou nesta sexta-feira a situação de índios em reservas com a de animais presos em zoológicos. A declaração aconteceu ao responder um jornalista sobre a possibilidade do Brasil reduzir o desmatamento e a emissão de gases de efeito estufa. LEIA MAIS

"Sobre o acordo de Paris, nos últimos 20 anos, eu sempre notei uma pressão externa – e que foi acolhida no Brasil – no tocante, por exemplo, a cada vez mais demarcar terra para índio, demarcar terra para reservas ambientais, entre outros acordos que no meu entender foram nocivos para o Brasil. Ninguém quer maltratar o índio. Agora, veja, na Bolívia temos um índio que é presidente. Por que no Brasil temos que mantê-los reclusos em reservas, como se fossem animais em zoológicos?", afirmou Bolsonaro.

O Brasil é um dos 195 países signatários do Acordo de Paris, que tem como objetivo combater o aquecimento global no mundo. Ao longo da campanha eleitoral, no entanto, Bolsonaro disse que pode tirar o Brasil dele por entender que medidas previstas comprometem a soberania nacional. 

"O índio é um ser humano igualzinho a nós. Quer o que nós queremos, e não podemos usar o índio, que ainda está em situação inferior a nós, para demarcar essa enormidade de terras, que no meu entender poderão ser, sim, de acordo com a determinação da ONU, novos países no futuro", apontou o presidente eleito. BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário