quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Pastora é morta a tiros durante confusão entre vizinhos em Feira de Santana

Uma rixa antiga entre vizinhos, na noite da última terça-feira, 1, no Bairro Pampalona, em Feira de Santana, motivou uma confusão que resultou na morte da pastora evangélica Norma Lúcia Renata Daltro Souza, de 53 anos. Ela foi atingida por três tiros na cabeça, braço e peito e socorrida para a policlínica do Conjunto George Américo, mas não resistiu. LEIA MAIS

Além dela, outras pessoas foram baleadas e agredidas com cadeiradas e facadas. Consta no Boletim de Ocorrências do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) que Clarisse da Silva Santos, 30, foi atingida por um tiro na perna direita, Naiara Lopes de Jesus, 28, foi baleada no braço e agredida com uma cadeirada na cabeça, José Agripino Santana Neto, 46, levou uma facada na cabeça, e um dos acusados de disparar os tiros, Adailson Macedo Almeida, 24, foi ferido com uma cadeirada na testa.
Adilson foi apresentado na central de flagrantes do Complexo de Delegacias de Feira de Santana sob a acusação de disparar os tiros. Além dele, um homem conhecido como Dinho também é suspeito de efetuar os disparos. Não consta no boletim o paradeiro dele.
O fato ocorreu por volta das 19:50hs. Segundo informações obtidas pelo portal Acorda Cidade, a pastora estava chegando em casa, na Rua Joaquim, quando tentou defender os filhos na confusão. Ela congregava na Igreja Arca da Promessa, situada no bairro Pampalona.

Fonte: Acorda Cidade





Nenhum comentário:

Postar um comentário