quarta-feira, 17 de abril de 2019

Homem que matou Tamires no Bairro Planaltino em Capim Grosso é preso no estado do Tocantins

O homem identificado como sendo Rafael dos Santos, de idade não informada pelo delegado Dr. Eugênio, da Polícia Civil de Capim Grosso, acusado pelo Ministério Público de matar a jovem Tamires de 26 anos, fato registrado no dia 10 de Fevereiro de 2019, no Bairro Planaltino, foi preso nesta terça-feira, 16 de abril, no município de Miranorte, no Tocantins, informou o delegado ao REPORTERBAHIA após receber informações da delegacia da citada cidade, por volta das 16:30 min. LEIA MAIS


Em conversa com o delegado, o mesmo informou que existe a suspeita de após o crime, o mesmo ter fugido para a cidade de Paulistana, no estado do Piauí, onde Rafael tem parentes, cidade essa que no dia 29 de Março, em operação nacional em combate a violência contra mulher, policiais estiveram à sua procura em cumprimento ao mandado de prisão expedido pela Justiça de Capim Grosso, na pessoa da Dra. Ana Lúcia, após citação do Ministério Público, mediante inquérito apresentado pela Delegacia de Polícia. 

Com o pedido de prisão em aberto, só restava uma oportunidade para a polícia, juntamente com a justiça consolidar o processo culminado nesta terça-feira, depois que um membro da família denunciou o mesmo ao Ministério Público, informou Dr. Eugênio. “Recebemos informações que ele saiu com uma filha e uma neta desse membro da família, levando essa pessoa a procurar o Ministério Público, certamente com receio por conta do crime que ele praticou aqui em Capim Grosso”, disse o delegado, que falou ainda sobre outro membro da família que teria repassando o número do telefone de Rafael indicando que ele estava trabalhando em uma fazenda, onde supostamente foi preso pela polícia de Miranorte, com informações repassadas imediatamente para a delegacia de Capim Grosso. 

Quanto ao processo de transferência de Rafael para Capim Grosso, o delegado informou que esse é um trabalho que é feito pela POLINTER, assunto que será trabalhado pela polícia, num processo que poderá demorar alguns dias, mas para o delegado o importante é que Rafael está preso e a polícia com a missão do dever cumprindo. “Isso mostra que não vale realmente a pena se envolver com coisas ilícitas; a pessoa pensa muitas vezes que conseguirá ficar numa boa, de forma alguma, a prisão de Rafael mostra mais uma vez que o crime de fato não compensa”, colocou o delegado. 

A prisão de Rafael ressoa como um alivio para os pais de Tamires, principalmente para sua mãe, dona Marileide, que disse em entrevista ao JORNAL TRANSAMÉRICA COM ARNALDO SILVA, que tinha como sonho ver Rafael preso. “Não terei mais a minha filha de volta, mas será um alivio ver aquele demônio preso”, disse dona Marileide bastante emocionada, bem como toda a sociedade, que além de ficar indignada diante do acontecimento, fez coro pedindo a prisão de Rafael.
Texto e Arnaldo Silva, DRT – 2805/BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário