sexta-feira, 5 de abril de 2019

Ônibus escolar com estudantes universitários é sequestrado em Riachão do Jacuípe

Foram momentos de tensão e medo para os estudantes universitários que voltavam para casa na noite da última quarta-feira, 3, em Riachão do Jacuípe, na entrada da cidade, após uma hora e meia de viagem, um dos ônibus escolares amarelinho que leva os estudantes para Feira de Santana foi abordado por bandidos. LEIA MAIS

Um carro fechou o veículo que parava para deixar alguns estudantes, eles não tiveram nem tempo de descer, três homens armados entraram e mandaram o motorista seguir viagem, o carro que fechou o ônibus foi seguindo o amarelinho.
Os bandidos mandaram que o motorista viajasse em direção a Nova Fátima, enquanto iam saqueando os universitários, “Pensei que ia morrer, eles estavam muito exaltados e violentos, tive medo da arma disparar ou mesmo de um deles atirar”, disse um estudante que pediu para não ser identificado.
“Pensei muito em minha família, rezei muito, tive medo até de chorar e irritar eles”, disse outra aluna. A tortura durou intermináveis 40 minutos, e percorreu cerca de 18 km, até o povoado de Vila Aparecida, onde os suspeitos desembarcaram e seguiram no carro que acompanhava o ônibus.
Todos foram para a Delegacia de Riachão do Jacuípe onde registraram a ocorrência, tiveram smartphones, notebooks, documentos, dinheiro e diversos pertences levados. Todos estão apreensivos de pegarem a estrada para ir até a faculdade, na cidade de Feira de Santana, onde estuda a maioria dos universitários jacuipenses, pois Feira é onde se concentra o segundo maior polo de faculdades do estado da Bahia.
O trecho da BR-324 entre Feira e o trevo, e entre o trevo e Serrinha e Riachão do Jacuípe, sempre foi famoso pelos vários assaltos a ônibus e alguns ataques a esses amarelinhos que levam universitários, sempre a noite, pois os amarelinhos costumam retornar sempre após as 22:30hs, algumas vezes em comboio, mas a algum tempo poucas ocorrências foram registradas, os alunos pedem que agora a viatura da Polícia Militar espere os ônibus na entrada da cidade e acompanhe até deixar todos os alunos em seus pontos.
Fonte: Hora da Verdade/ Alana Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário