quinta-feira, 2 de maio de 2019

Polícia Civil recupera 15 motos com restrição de furto em Capim Grosso e Várzea da Roça

Uma operação da Policia Civil foi deflagrada na manhã desta quinta-feira, 02, envolvendo agentes das cidades de Nova Fátima, Serrinha, Valente, Riachão do Jacuípe, Santaluz e Capela do Alto Alegre vinculados a 15ª Coordenadoria de Polícia do Interior (15ª Coorpin de Serrinha), além de policiais das delegacias de Várzea da Roça e de Mairi (da 16ª Coorpin de Jacobina); no total de 12 homens que formaram 3 equipes de trabalho na “Operação Moto de Ladrão”. LEIA MAIS


Segundo a Polícia Civil a operação aconteceu nas cidades de Capim Grosso e Várzea da Roça e teve início às 06:00hrs. No início do mês de abril de 2019, a Delegacia de Nova Fátima iniciou, através de auto de prisão em flagrante, investigação sobre uma associação criminosa, formada por dois homens e uma adolescente, voltada para a prática de crimes de receptação qualificada e falsificação de documentos, atuando principalmente na região de Capim Grosso. 

Ainda segundo a Polícia Civil, os elementos de investigação colhidos apontavam o funcionamento do esquema: motos eram furtadas ou roubadas em Feira de Santana e região, e no mesmo dia eram trazidas para a região de Capim Grosso, possivelmente até antes que as vítimas conseguissem registrar a ocorrência para gerar a restrição na placa. Em Capim Grosso, as motos passavam por processo de supressão dos números de identificação. Ao mesmo tempo, falsificava-se uma nota fiscal para criar a ilusão de que aquela moto seria baixada, “moto de leilão”, muito embora fosse proveniente de crime. 

Em pouco tempo se providenciava a venda dos veículos na região por valores bastante inferiores aos praticados no mercado. Também houve informação de prática semelhante com carros, mas em menor escala. Ao que consta da investigação, em poucas semanas de atuação investigada, o prejuízo total aos reais proprietários pode chegar a cerca de 300 mil reais, envolvendo cerca de 30 veículos entre motos e carros. A atuação criminosa envolvia o aluguel de uma casa exclusivamente para deixar os veículos receptados.
A PC informou ainda que, dos veículos referidos, cerca de 10 motos já haviam sido recuperadas anteriormente, tendo 06 delas sido submetidas à perícia da Polícia Técnica, constando-se a origem ilícita dos veículos. 05 motos já foram devolvidas aos seus respectivos donos.

Em razão dos elementos de investigação já colhidos, o delegado de Polícia Igor Spock representou pela busca e apreensão em três endereços, nos municípios de Capim Grosso e Várzea da Roça, bem como pela prisão preventiva de um dos investigados, e ainda prisão temporária de outro, tendo o Juízo Criminal deferido todos os pedidos.
Assim, nesta quinta foi deflagrada a fase ostensiva da operação. As buscas domiciliares resultaram na apreensão de 06 motocicletas, 05 delas com indicação de proveniência de crime, bem como dezenas de notas fiscais falsificadas, e ainda petrechos para a prática dos crimes, bem como cerca de R$ 15 mil foram encontrados na casa de Wilian de Souza, preso em flagrante e preventivamente, assim como também foi preso em flagrante e por prisão temporária Eugênio Alves da Silva, vulgo Gene. A adolescente foi ouvida em Delegacia e liberada.

Os presos serão custodiados na Delegacia de Riachão do Jacuípe. As motos serão encaminhadas para a perícia a ser realizada pelo DPT de Serrinha.

Fonte: Polícia Civil(Via FR Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário