sexta-feira, 28 de junho de 2019

Acusado de roubo, latrocínio e homicídio faz criança refém ao ser preso pela Polícia Civil

Policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) prenderam nesta quinta-feira (27), na Rua Saquarema, bairro Caseb em Feira de Santana, Darlan da Silva Conceição, 23 anos, que mora no conjunto Feira VII. Ele é acusado de ter praticado vários crimes na cidade como assaltos, homicídios e latrocínios e estava com mandado de prisão em aberto. Leia mais 

Darlan da Silva Conceição estava na casa de uma mulher, que ele informou ser comadre dele. No momento em que as equipes da polícia chegaram para efetuar a prisão, Darlan pegou uma criança de dois anos, afilhado dele, e disse que não soltaria até chegar à delegacia.
Ao chegar na delegacia, Darlan solicitou a presença da imprensa para soltar a criança. Na presença dos repórteres, ele afirmou que estava com medo de ser morto pela polícia e que levou o afilhado para se proteger.
“Estão me acusando de coisas que não fiz. Tenho que guardar minha vida. Estava dentro de casa com a mãe dele conversando, os policiais chegaram e eu tive que pegar a criança de refém e trouxe até aqui. Exigi a presença da imprensa para liberar a criança, pois a imprensa estava vendo tudo e eu precisava garantir minha vida”, afirmou.
Darlan da Silva Conceição estava com uma pistola ponto 40, de uso da polícia, e um revólver 38. Ele disse que estava com as armas para se defender de pessoas que fazem parte de uma facção criminosa e que querem matar ele, mas negou qualquer envolvimento com facções ou com tráfico de drogas.
O delegado André Ribeiro, titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, confirmou ao Acorda Cidade que Darlan da Silva Conceição é autor de vários roubos e latrocínios e que tem mandado de prisão em seu desfavor. Segundo o delegado, ele estava na casa da comadre escondido se recuperando de um tiro e não estava fazendo apenas uma visita.
“Quando as equipes da polícia chegaram, ele abraçou a criança e disse que não soltaria. Ele já é contumaz na prática de crimes contra o patrimônio e contra a vida. Foi autuado em flagrante, vai ser encaminhado para a audiência de custodia, será dado cumprimento ao mandado de prisão e possivelmente será encaminhado ao presídio”, informou.
Além disso, de acordo com o delegado André Ribeiro, Darlan pode responder por ter mantido uma criança refém.
Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para atender a criança de dois anos, que foi levada junto com uma tia para o Hospital Estadual da Criança (HEC) para passar por uma avaliação médica.
Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário