segunda-feira, 1 de julho de 2019

Homem morre em confronto com as policias Civil e Militar em Baixa Grande

As policias Civil e Militar de Baixa Grande, foram informadas que vários indivíduos estavam na prática de roubo na localidade conhecida como Vila Mariá, próximo a Pecuária por volta das 22h deste sábado (29). Leia mais

Imediatamente as equipes dirigiram-se ao local onde a GU da Polícia Civil fez o cerco da área e a GU da Policia Militar fez a incursão no matagal onde os elementos estavam homiziados, sendo que neste momento quatro elementos saíram do matagal efetuando diversos disparos de arma de fogo, sendo, de pronto, revidada a injusta agressão, onde os assaltantes tomaram o matagal novamente e foram acompanhados em vigilância pela GU da Policia Militar, sendo que os assaltantes tomaram sentido ao bairro Novo Horizonte, onde perseguidos, passaram a pular diversos muros e telhados de residências no bairro Novo Horizonte, efetuando novos disparos contra a guarnição da PM, que, mais uma vez, não havendo outra alternativa para cessar a agressão, revidaram a injusta e ilegal agressão.
Cessado os disparos, foi feito o cerco em volta das casas violadas, sendo que em uma das mesmas, acessada com a permissão da proprietária, foi localizado dentro de uma cisterna um dos elementos, já alvejado, sendo de imediato prestado socorro para o hospital local, onde foi atestado o óbito pelo médico plantonista.
Identificado o elemento como Adenilson Santana Almeida, vulgo Dida, o qual é contumaz no mundo crime, com diversas entradas na delegacia local, tendo sido ultimamente identificado como autor de vários roubos na região; Que na troca de tiros, a viatura da polícia civil foi alvejada; Que foi encontrado no imóvel onde estava o individuo Adenilson Santana Almeida, uma arma, marca Taurus, calibre 32, com serial raspado e com seis cartuchos deflagrados e uma socadeira de dois tiros, estando um deflagrado; Que ainda fora encontrada, no mesmo imóvel, uma mochila, a qual foi roubada da vítima Fabiane Almeida Suzart, contendo o valor de R$ 562,55, celulares e munições.

Caboronga Notícias com informações são do delegado Almir Góes

Nenhum comentário:

Postar um comentário