sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Explosão de aparelho celular provocou incêndio em residência e criança de 14 anos teve 80% do corpo queimado

Uma criança do sexo feminino com 14 anos de idade teve 80% do corpo queimado, após a explosão de um aparelho celular, que estava ligado à corrente elétrica. O caso ocorreu em uma residência no Loteamento Vila Vitória. bairro Jequiezinho. Veja +


De acordo com as informações, a mãe da criança saiu cedo de casa para fazer exame médico na unidade de saúde da localidade e, deixou dormindo no quarto da casa, três filhos menores, de 6, 8 e 14 anos. O celular que estava sendo carregado na rede elétrica do quarto sofreu um curto circuito que resultou na explosão do aparelho e na propagação das chamas repentinamente no imóvel que ficou quase que totalmente destruído. Vizinhos ao perceberem a gravidade da situação conseguiram adentrar no local e retirar em tempo as duas crianças de menor idade (6 e 8 anos), enquanto Jaciene Almeida de Jesus não conseguiu acordar em tempo e foi atingida pelo fogo.

O menor foi retirado do local pelo SAMU e levado para a UTI Hospital Geral Prado Valadares-HGPV, de onde posteriormente foi transferido ainda na madrugada para a Unidade de Queimados do Hospital Geral do Estado-HGE.  Dona Luciene avó das crianças confirmou a causa do acidente e a perda total do imóvel, utensílios domésticos, móveis e peças de vestuário tendo feito pedido à comunidade para fazer doações.  Não foram obtidas até o fechamento da notícia, informações acerca do estado de saúde da criança.

Fonte Brumado Urgente 

Nenhum comentário:

Postar um comentário