quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Ril de Beto compõe pré-candidaturas a prefeito de Quixabeira em 2020


BR324 - Qual analise o senhor faz sobre o Governo do Presidente Bolsonaro?
Ril de Beto - Eu não vejo um Governo Bolsonaro, vejo um desgoverno, o Brasil vivencia um momento atípico no nível federal, um presidente homofóbico, machista, discriminador que não respeita as minorias, que não se preocupa com o meio ambiente e que faz apologia à violência e que é extremamente despreparado para assumir o cargo que hoje ocupa. O Brasil teve a infelicidade de um momento de crise política ter optado para votar em um deputado que há 30 anos exerce o mandato e que nada fez de importante para o Brasil durante esse período. Veja o restante da entrevista 

BR324- Qual analise o senhor faz sobre a gestão do Governador Rui Costa?
RB– Vejo o Governo de Rui Costa ao lado do Governador Maranhão, Flavio Dino como os melhores Governadores do Brasil, um homem extremamente capacitado, republicano, que mesmo diante das dificuldades, conseguiu fazer investimentos importantíssimos para a Bahia, sem comprometer o orçamento do Estado. Entre tantos investimentos cito a construção de vários hospitais, a brilhante ideia das policlínicas, o investimento em estradas, o fortalecimento da Agricultura Familiar e também o esforço que está fazendo para melhorar a segurança com concursos públicos das policias, civil e militar, mesmo sabendo que ainda não é o suficiente para atender a demanda. Vejo-o como um possível nome par a sucessão presidencial.
BR324 – Qual a atual situação da administração pública do seu município?
RB - Apesar do município estar recebendo algumas emendas federais importantíssimas para o município, frutos das tentativas de Temer se manter no cargo na época. Vejo um município carente de investimentos através de recursos próprios e com muitas deficiências.
BR324 - Quais pontos estão mais críticos?
RB – Vejo com preocupação a situação da Educação no município, escolas sem nenhumas condições de funcionamento, salas sem janelas, banheiros danificados, estrutura física precária e que a última reforma ocorreu no início da gestão, em 2017. Frequente falta de material didático em algumas escolas, e fica a pergunta: O que está sendo feito com o dinheiro da Educação tendo em vista um aumento de 30% em realização ao ano anterior, enquanto Municípios como Várzea da Roça, Capim Grosso e São José, oscilaram em aumento em torno de 1 a 4%? Na Saúde, a exemplo do povoado Quilombola de Alto do Capim, que há quase um ano está sem médico da equipe do PSF, e não dispõe de dentista. O mesmo acontece em Jabotica, Ramal e Baixa Grande, sem atendimento médico há alguns meses. Não existe patrolamento frequente nas estradas, sendo uma reclamação constante da população. Outro problema preocupante é a falta de pagamento das contas de água junto a EMBASA, em um levantamento recente verificamos que até o mês de agosto de 2019, o município, tem uma dívida que gira em torno de 364 mil reais, com a empresa de saneamento de água do Estado, ou seja o município até o momento não pagou uma conta de água desde quando assumiu o mandato de janeiro de 2017 e inúmeras outras situações.
BR324 - Onde a gestão está acertando?
RB– No meu entendimento o município acertou quando buscou as obras através das emendas.
BR324 - Como o senhor avalia as políticas públicas voltadas para os trabalhadores rurais?
RB – Avalio como um retrocesso, a atual Secretaria de Agricultura não deu prosseguimento ao trabalho da gestão anterior sobre as políticas públicas voltadas para os Agricultores Familiares. O Governo Estadual dispõe de vários projetos a serem desenvolvidos através da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural), entretanto vários deles não podem ser acessados pelo município por conta da inadimplência com o Estado, mesmo assim, o Governo do Estado vem investido no município, através das associações.
BR324 - Existem investimentos para Cultura e Meio Ambiente?
RB - Com exceção da Fanfarra Municipal não visualizamos nenhum outro investimento no tocante à Cultura, como não visualizamos investimentos na área de Meio Ambiente.
RB – Temos uma boa relação com o comércio local e entendemos que o município deve fortalecer essa parceria, incentivando a criação da CDL local para que eles possam organizarem-se de forma mais consistente, bem como, pensar em uma forma de incentivo fiscal para o comércio local e também como fazer uma campanha para que os munícipes comprem no comércio local, tendo em vista que ainda tem uma cultura no município de em algumas localidades a população realiza as compras nas cidades vizinhas a exemplo de Capim Grosso.
RB - A espinha dorsal do município é o servidor público, toda gestão deve respeitar e garantir o direito daqueles que realmente contribuem para uma boa gestão. Sou servidor público efetivo desde 1995, e tenho ótimo relacionamento com a classe dos servidores e me entristeço quando vejo no governo atual alguns servidores sendo perseguidos por pensar ideologicamente diferente da gestão. Por isso, que resolvi fazer parte da atual diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos do município de Quixabeira.
BR324 - Qual trabalho o senhor vem desenvolvendo no município?
RB - Fui Vereador de 2009 a 2016 e me sinto feliz por ter contribuído para conquistar várias obras importantes para o município a exemplo da recuperação da BA 191 que liga Ramal a Quixabeira, no mandato do ex prefeito Eliezer. Construção do Estádio de Futebol, Prado Municipal, entre outras tantas. Saí do mandato em 2016, porém, nunca deixei de ir buscar ações para o município. Na qualidade de presidente da Associação Comunitária em Defesa Pelo meio Ambiente, nos últimos dois anos, conseguimos junto ao Governo do Estado a construção de 24 sanitários residenciais, a perfuração de um poço artesiano e aquisição de um trator com reboque, aquisição de um pipa para o trator e implementos agrícolas. Conseguimos agora mais 98 mil raquetes de palmas para agricultores do município e uma forrageira e já estamos na eminência de assinar um convenio da cadeia de apicultura, que irá beneficiar dezenas de famílias do município, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e a Companhia de Ação Regional (CAR) e materiais esportivos para munícipes.
RB - Faço parte de um grupo político da oposição de Quixabeira e coloquei meu nome à disposição como pré-candidato à prefeito, me sinto neste momento preparado e acredito que com a parceria que tenho com o Governo do Estado, através do apoio dos Deputados Federal Josias Gomes,atual Secretário de Desenvolvimento Rural e do Deputado Estadual Roberto Carlos, teremos uma oportunidade de buscar muitos investimentos para o nosso município. Sendo na zona rural como nas áreas urbanas. Então estamos comeste propósito e ao mesmo tempo dialogando com os colegas Dorenilson Firme e Gessé Reis que colocaram também os seus nomes à disposição. Acreditamos na união dos partidos de oposição de Quixabeira e que no momento oportuno estaremos tomando a decisão para o embate político de 2020.
Fonte : Site BR324

Nenhum comentário:

Postar um comentário