terça-feira, 17 de dezembro de 2019

20 vereadores são presos por suspeita de fraudes em MG

images
O MP-MG (Ministério Público de Minas Gerais) cumpriu nesta segunda-feira (16) mandados de prisão contra 20 dos 27 vereadores da Câmara Municipal de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Leia mais 

A ação ainda culminou na prisão de funcionários do Legislativo e de empresários locais. Ao todo, foram expedidos 41 mandados de prisão —dois deles, contra um outro vereador e um empresário, ainda não foram cumpridos, com os alvos considerados foragidos.

A iniciativa do MP-MG, motivada pelas operações Guardião e Má Impressão, ainda envolveu 41 mandados de busca e apreensão. Segundo a Promotoria, as investigações avaliam suspeitas de fraude em contratos de segurança da Câmara e de desvios de verbas para suposta contratação de serviços gráficos.

Em outubro, outras três operações do MP-MG também envolveram mandados de prisão contra vereadores de Uberlândia. Na ocasião, três deles acabaram afastados de suas atividades legislativas.

Fonte: ZH

Nenhum comentário:

Postar um comentário