terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Capim Grosso: Após 96 horas mototaxista continua desaparecido. O que fazer?

PM, GM e Voluntários nas busca 
Já se passarem 96 horas do desaparecimento do motoboy Ezimar Cerqueira dos Santos, 35 anos, que teve sua moto tomada por assalto, na manhã da última sexta-feira(17), no município de Capim Grosso-Ba. Continue lendo:

Durante esse período, a motocicleta de Ezimar foi encontrada em uma borracharia no Distrito de Novo Paraíso, munícipio de Jacobina-BA. 

Na ação realizada pela Guarda Municipal, dois suspeitos que estavam com a moto, conseguiram fugir e adentar no mato.

A partir daí, começou o cerco aos indivíduos, que segundo as informações, se encontram acuados entre a fazenda Lameiro e o Povoado de Caduzinho, região que fica localizada entre os Distritos do Junco e Novo Paraíso, naquele município.

E Ezimar? O que teria acontecido com este homem que vive diariamente tomando sol e chuva, em cima de uma motocicleta, no intuito de ganhar honestamente  o pão de cada dia?

Nestes dois últimos dias, foram intensificadas as buscas pelos meliantes, para assim tentar descobrir alguma informação sobre o paradeiro do motoboy. Uma guarnição da PM esteve imbuída nesta empreitada justamente com o apoio irrestrito da Guarda Municipal e de dezenas de colegas mototaxistas.

Não seria o momento do comando da Polícia Militar do Estado, reforçar essas buscas com uma ação específica e ostensiva, através do aumento do efetivo, e se necessário for, utilizando meios mais eficientes como o helicóptero da corporação, na intenção de capturar os supostos assaltantes,  e assim encontrar o Ezimar?

Bem, hoje é terça-feira(21), e inicia novamente a árdua missão de localizar o Mototaxista Ezimar. Enquanto isso não acontece, cabe a sociedade que está chocada com toda a situação, continuar as orações para que o Ezimar seja encontrado com vida e gozando de boa saúde. 

Blog do Ril De Beto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário