terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Comandante da PM classifica atitude de Kannário como 'infantil': 'Já passou dos limites'

Comandante da PM classifica atitude de Kannário como 'infantil': 'Já passou dos limites'
Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), o coronel Anselmo Brandão afirmou nesta terça-feira (25) que o deputado federal e cantor Igor Kannário (DEM) “já passou dos limites” com os embates com a corporação no Carnaval. Leia mais 


Na última segunda-feira (24), durante sua pipoca no Circuito Osmar (Campo Grande), o artista afirmou: “se acontecer alguma coisa comigo, quem mandou me matar foi alguém da Polícia Militar” (leia mais aqui).

Brandão classificou a atitude de Kannário como “infantil”. “No dia a dia tentando a todo momento dar segurança e aparece uma pessoa e usa palavras de baixo calão denegrindo nossa imagem”, reclamou, em entrevista ao programa Balanço Geral, da Record Bahia. “No dia a dia tentando a todo momento dar segurança e aparece uma pessoa e usa palavras de baixo calão denegrindo nossa imagem”, acrescentou.

Ainda para o comandante, “o artista tem que participar e colaborar com a segurança” no Carnaval.

Um comentário: