quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

SÃO PAULO TEM PRIMEIRO TESTE POSITIVO PARA CORONAVÍRUS NO BRASIL

Um caso positivo de coronavírus é investigado na capital de São Paulo, informou reportagem da Globo na noite desta terça-feira 25. O primeiro teste deu positivo e agora será analisado para contraprova do Instituto Adolfo Lutz. LEIA MAIS 

A notificação do caso suspeito foi feita pelo Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital, no dia 25 de fevereiro. Trata-se de um homem de 61 anos, que fez viagem para a Itália entre 9 e 21 de fevereiro. O país europeu confirmou hoje a décima morte em decorrência do vírus.

Confira reportagem da Agência Brasil sobre os últimos dados divulgados sobre o vírus no Brasil

Brasil continua com quatro casos suspeitos de coronavírus

O total de casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil continua em quatro, segundo a atualização mais recente do Ministério da Saúde. Nas últimas 24 horas, um caso foi descartado no estado de São Paulo, mas uma nova suspeita surgiu no estado do Rio de Janeiro. 

Desde o início do monitoramento, 55 suspeitas de Covid-19, doença provocada pelo novo vírus, foram descartadas em todo o país. Os estados que lideram os descartes são Paulo, com 26 pacientes analisados; Rio Grande do Sul, com dez pacientes, e Rio de Janeiro, com oito. 

Critérios
Nesta segunda-feira (24) o Ministério da Saúde ampliou os critérios para definição de caso suspeito para o novo coronavírus. Agora, também estão enquadradas dentro desta definição as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar, e chegando dos seguintes países: Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália e Malásia. A lista já incluía, além da China, Cingapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Japão, Tailândia e Vietnã. 

A doença continua se espalhando pela Europa. Na Itália, o número de mortes pelo vírus saltou para 11 e o total de casos confirmados subiu para 300. Na Espanha, um hotel nas Ilhas Canárias com 1 mil hóspedes e funcionários foi posto sob quarentena, depois da confirmação de um caso no local, de um turista italiano. Outro caso foi confirmado na região Catalunha. Suíça, Áustria e Croácia confirmaram os primeiros registros da doença.

Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário