terça-feira, 10 de março de 2020

Hospital baiano estreia robô de R$ 10 mi que faz cirurgias orais de forma mais segura

0010Um novo robô que realiza cirurgias trans orais em pacientes com síndrome da apneia do sono e quatro tipos de câncer em menor tempo e maior segurança já está sendo usado na Bahia. Os dois primeiros procedimentos deste tipo já foram realizados no Hospital Santa Izabel, em Salvador. Leia mais


A estreia do equipamento, avaliado em 2 milhões de dólares (quase R$ 10 milhões), ocorreu no último final de semana sob a responsabilidade de uma equipe comandada pelo cirurgião Adriano Santana Fonseca, que ressaltou os benefícios do aparelho de altíssima precisão.

"O robô replica os movimentos humanos com uma diferença: minha mão é grande e não consegue entrar na garganta de alguém, já o braço dele tem 8 milímetros e consegue realizar o procedimento sem fazer nenhum tipo de corte no pescoço ou mandíbula", detalhou Fonseca.

Além dos pacientes com apneia do sono, quem possui câncer de base de língua, orofaringe, hipofaringe e laringe também serão beneficiados. Sem o robô, antes a única opção era a quimio e radioterapia. Agora, a cirurgia é feita rapidamente e em três dias o paciente pode ir para casa.

O robô é o primeiro do tipo na Bahia. A tecnologia já existe no mundo há mais de 25 anos e há seis anos o Brasil já possui hospitais com o maquinário. Adriano também destaca que o robô acessa, com segurança, áreas antes inatingíveis. 

"Tanto os portadores de apneia do sono quanto pacientes oncológicos terão um impacto muito positivo em sua qualidade de vida através da cirurgia robótica", acrescentou o cirurgião. 

Uma série de estudos mostra que a apneia do sono está associada aos sistemas cardiovascular, neurológico e imunológico e reflete na qualidade de vida e longevidade do indivíduo.

Fonte: Correio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário