segunda-feira, 9 de março de 2020

Quixabeira: AMTQ celebra a 8 de março o Dia Internacional da Mulher em Jabuticaba.

Como já virou tradição na entidade, a Associação das mulheres trabalhadoras de Quixabeira preparou uma comemoração em homenagem ao dia Internacional da Mulher, que ocorreu pela décima terceira vez nessa data, 8 de março. Leia mais 
E na tarde deste domingo dia 8 de março, as mulheres trabalhadoras rurais e urbanas do município de Quixabeira localizado no território de identidade do Jacuípe participaram desse evento especial no Centro Cultural José Modesto de Sousa (Zé Homem) sede da APPJ, distrito de Jabuticaba a 9 km da sede, onde foi lembrado uma lei no município que instituiu o feriado municipal no 8 de março, criada pela Câmara de Vereadores de Quixabeira e sancionada pelo ex-prefeito Eliezer Costa que esteve presente no evento. O legislativo quixabeirense tem sete vereadores e duas vereadoras e para marcar a importância da data para as mulheres todas parlamentares compareceram à solenidade. Para a jovem Ilda Rios do Movimento de Mulheres Trabalhadoras de Quixabeira a ideia do feriado é para que a luta das mulheres seja valorizada. “O Dia da Mulher não é só no 8 de março, mas esta data tem de ser especial, para que possamos sentir-nos valorizadas”, enfatizou Ilda. As mulheres quixabeirenses encerraram o dia com um momento Cultural.
Data que marca não apenas a comemoração pelas vitórias e conquistas das mulheres, mas que se discute o papel da mulher na sociedade atual. O esforço ainda é para tentar diminuir e, quem sabe um dia acabar, com o preconceito e a desvalorização da mulher.
Mesmo com todos os avanços, ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.
8 de março, é comemorado desde o início do século XX. O covarde assassinato de 129 operárias grevistas em uma fábrica de tecidos em Nova  York marca a luta histórica das mulheres por melhores condições de vida e de trabalho. Outros protestos ocorreram ao longo do século, destacando-se o de 1908, quando 15 mil mulheres marcharam na cidade de Nova Iorque exigindo a redução de horário, melhores salários e direito ao voto.
O evento contou com a participação dos vereadores, Ramon Novaes, Lucília Mora, Leto Sousa, Glasiglede Nunes e Joilma Rios vereadora do município de Várzea da Roça, contando ainda com presença da Deputada Estadual Neuza Cadore e os ex-vereadores Dourenilson Firme, José Modesto (Zé Homem), Valdemar Moreira e várias representatividades de diversoss seguimentos de todo município de Quixabeira.


Parabéns a todas as mulheres que lutam por mais amor, paz e justiça!





Nenhum comentário:

Postar um comentário