terça-feira, 10 de março de 2020

Salvador ganha programa de combate à violência contra mulher

07
O combate à violência contra a mulher em Salvador ganhou, nesta segunda-feira (9), o programa Salvador Delas, promovido pela prefeitura da Capital. O Salvador Delas é integrante do megaprograma Salvador Social, que possui financiamento internacional através do Banco Mundial, e reúne nove ações que vão reforçar as atividades já realizadas pelo Executivo municipal.  LEIA MAIS 

Dentre as ações estão o Centro Integrado de Atendimento à Mulher, Infância e Juventude (Ciami Itinerante); a capacitação Por Elas nas Escolas; o caminhão de atendimento médico Salvador + Rosa/; o Espaço da Mulher em cada uma das Prefeituras-Bairro; e o Núcleo de Enfrentamento e Prevenção ao Feminicídio (NEF).

“O programa procura dar ainda mais força e luz a uma série de políticas públicas voltadas para as mulheres que a Prefeitura vem realizando, com o objetivo principal de intensificar todo o trabalho de combate à violência contra a mulher. Essa tem que ser uma ação de todos nós que estamos na política pública e um compromisso da Prefeitura, mostrar que a gestão está investindo bastante nesse combate à violência e na inserção da mulher na vida social”, afirmou ACM Neto.

De acordo com a secretária Rogéria Santos, a estratégia foi concebida que maneira que as ações começassem dentro da própria Prefeitura e se estendessem às cidadãs que desconhecem os próprios direitos e onde buscar ajuda. “O Salvador Delas é um grande guarda-chuva que traz no bojo várias ações de enfrentamento à violência contra a mulher e que visa, principalmente, ensinar a cada um de nós o que é a dor dessa violência e chamar a sociedade para lutar contra essa mazela que extirpa a vida das mulheres da cidade.”

Nas escolas, a partir do mês de abril, o programa vai promover capacitação dos profissionais da rede municipal de ensino, através de parceria entre a SPMJ, Smed e parceiros, sobre a Lei Maria da Penha para o enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher. 

O Salvador + Rosa vai levar às soteropolitanas, em parceria com a SMS, serviços de cuidado com a saúde através da realização de 7.130 exames, sendo 6,2 mil mamografias e 930 de ultrassom mamária. 

A ser implantado em cada uma das dez unidades das Prefeituras-Bairro, o Espaço da Mulher vai prestar atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar dentro das comunidades. Em cada um dos espaços, uma profissional da SPMJ vai orientar e encaminhar a cidadã para os serviços da pasta. Com contrato a ser assinado ainda neste mês de março, o Centro de Referência e Atendimento à Mulher de Cajazeiras, além do cuidado com a mulher, também oferecerá formação, qualificação e capacitação profissional à população feminina.

Também fazem parte da lista o aplicativo Salvador Delas; o Centro de Referência e Atendimento à Mulher de Cajazeiras; a cartilha e folder sobre enfrentamento à violência contra a mulher; e a instituição do Comitê Técnico de Enfrentamento à Violência Institucional Contra Mulheres na Prefeitura de Salvador, com decreto assinado pelo prefeito durante a cerimônia.

O lançamento foi feito no Teatro Gregório de Mattos (TGM), com as presenças do prefeito ACM Neto; da secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), Rogéria Santos; e dos titulares da Casa Civil, Luiz Carreira, e da Educação (Smed), Bruno Barral, demais autoridades, população e imprensa.

Fonte: Bahia Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário