domingo, 23 de agosto de 2020

Covid-19: Gráfico Epidêmico mostra agosto com mais de 50% dos 85 casos de Quixabeira

A Secretaria de Saúde de Quixabeira, divulgou na noite deste sábado(22), um gráfico que mostra a curva epidêmica do município desde o início da pandemia. O quadro mostrado no gráfico indica que o primeiro caso confirmado de Covid-19, foi registrado no dia 11 de maio, e que o referido mês finalizou com cinco casos. Leia +

A mesma quantidade de casos foi repetida no mês seguinte. De acordo o gráfico mais cinco pessoas foram infectadas pelo coronavírus no mês de junho, somando assim um total de dez casos em dois meses.

O quadro começou a se agravar a partir do mês de julho. Segundo o gráfico, neste mês o número de pessoas contraídas pelo coronavírus teve um aumento de 580% em relação ao mês anterior, chegando a 29 casos.

Seguindo o mesmo ritmo na linha ascendente,  agosto apresenta até o 22º dia do mês, 54% de todos os casos. Do total geral de 85 casos confirmados até o momento, 46 foram só neste mês. Lembrando que ainda falta oito dias para finalizar o mês de agosto.

A Secretaria de Saúde acredita que esta alta elevação dos números em Quixabeira, é reflexo dos altíssimos números registrados no município de Capim Grosso, que já está próximo dos 1.000 casos.

Ainda segunda a secretaria de saude, um levantamento prévio, indica que mais de 70% dos casos registrados no município de Quixabeira, teve ligação com o município vizinho.

A SMS alerta ainda a necessidade de manter as medidas restritivas e de isolamento, pedindo à população sobre a utilização de máscaras, principalmente ao sair nas ruas e manter o distanciamento social quando em filas de bancos, supermercados entre outros estabelecimentos.

Quanto aos suspeitos com alguns dos sintomas associados ao coronavírus, a equipe da saúde comunica que o Centro de Atendimento a Covid-19 está em funcionamento todos os dias das 8 às 17 horas, sendo que excepcionalmente nos sábados, o atendimento será de 24 horas.

Blog do Ril de Beto


Nenhum comentário:

Postar um comentário