segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Motorista embriagado bate carro em Itapuã e assedia enfermeira

 

            (Foto: Varela Notícias)

Um motorista embriagado colidiu o carro em que estava com outro veículo na Ladeira do Abaeté, no bairro de Itapuã, em Salvador. O acidente aconteceu no início da manhã desta segunda-feira (7) e resultou em uma pessoa ferida. Leia mais

De acordo com informações obtidas pela equipe de reportagem do Varela Notícias, o motorista ficou preso ao cinto de segurança e foi retirado pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). No veículo, junto com o condutor, estavam mais três pessoas. 

Uma delas, uma jovem de 24 anos que estava no banco de trás, teve um ferimento na cabeça e também foi retirada pela equipe do Samu. 

Segundo informações apuradas pelo VN, durante o atendimento dentro da ambulância e enquanto aguardavam regulação, o motorista relatou ao Samu que havia ingerido bebida alcoólica na noite anterior e confessou ser usuário de drogas.

Além disso, conforme fonte que estava no momento e foi ouvida pela nossa reportagem, o condutor “alisou a perna da estudante de medicina que é interna do Samu e não obedeceu aos pedidos da mesma para que o mesmo retirasse a mão dele”.

Em seguida, “o médico presente no momento interveio e ordenou que ele se comportasse como paciente”. “Mas o mesmo reagiu de maneira desrespeitosa e agressiva com a equipe do Samu ameaçando de ‘demissão do serviço pois ele conhece fulano e ciclano’, além de ameaçar fisicamente a equipe médica”, relatou a fonte. 

Diante do ocorrido, a moça e o motorista foram conduzidos até a delegacia de Itapuã. Lá, o delegado de plantão orientou que eles fossem até a Central de Flagrantes do Iguatemi para prestar depoimento por assédio e desacato ao funcionário público. 

Ainda conforme a fonte, que acompanhou a vítima, eles foram até a Central de Flagrantes para serem ouvidos pelo delegado. Além disso, o médico que repreendeu a ação do motorista também está prestando queixa.

Já o acusado foi atendido em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e foi liberado. “Só após o término que o mesmo foi conduzido junto conosco para esta delegacia aqui”.

Fonte: Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário