segunda-feira, 1 de março de 2021

Com covid-19, gêmeas de 23 anos são internadas na UTI em Jacobina

 


A quantidade de pacientes jovens que está desenvolvendo o estado mais grave da covid-19 tem assustado até as equipes de saúde em todo o Brasil. Em Jacobina, essa realidade pôde ser constatada na última semana, quando os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Vicentina Goulart – referência no tratamento da doença – foram ocupados por pessoas entre 23 e 49 anos. Leia mais

Duas irmãs, gêmeas, de 23 anos, moradoras da região de Morro do Chapéu, estão entre os pacientes que precisaram ser internados na UTI. O Jacobina Notícias apurou que, uma delas foi intubada na sexta-feira, 26, e a outra deu entrada no dia seguinte na unidade, ficando na semi- intensiva até surgir uma vaga na UTI. Elas não teriam comorbidades.

Covid atingido Jovens 

Outros pacientes, com idades entre 32, 36, 42 e 49 anos, estão internados na UTI do Hospital Regional. A maioria dos pacientes vieram transferidos de outros municípios por meio do sistema de Regulação da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). São pessoas das cidades de Quijingue, Cansanção, Várzea da Roça, Valente, América Dourada, Wagner e outras regiões.

quatro óbitos em 24H

Quatro pessoas de Jacobina faleceram no Hospital Regional em apenas 24 horas, neste final de semana. Três delas com suspeita de Covid-19, e uma mulher do distrito do Junco, de 57 anos, foi confirmada a causa como sendo em decorrência da doença.

As outras três mortes estão em análise, esperando resultado de exames. As vítimas são um idoso de 88 anos, residente na comunidade de Tombador, outro idoso de 90 anos, residente no centro da cidade, e uma idosa de 68 anos, moradora do distrito do Junco. A taxa de ocupação de UTI é de 90%.

Fonte: Jacobina Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário