terça-feira, 15 de junho de 2021

Maio se torna o mês mais letal da pandemia em Quixabeira


No mês de maio, Quixabeira bateu um novo recorde em número pessoas infectados com Covid-19, e o mais letal desde quando iniciou a pandemia no primeiro semestre de 2020.

Depois de registrar 115 pessoas infectadas em outubro e 127 em dezembro de 2020, a secretaria de saúde do município registrou 134 pessoas infectadas com o novo coronavírus no mês de maio deste ano.


Este também foi o mês mais letal no município que registrou 5 óbitos no intervalo inferior a 30 dias. Até então, o município tinha registrado 4 óbitos. Com isso chegou a 9 o número de pessoas que perderam a vida no município de Quixabeira, em decorrência de complicações da Covid-19.

Apesar da marca negativa de maio, a secretaria municipal de saúde, sinaliza que os primeiros quinze dias do mês de junho, mostra uma queda em 50% nos números de casos em relação ao mês anterior e nenhuma morte.

A secretaria comemora também o fato de ter zerado o número de pessoas internadas em decorrência de complicações da Covid-19. Segundo o secretário de saúde Ril de Beto, esses sinais positivos alivia um pouco a pressão ao sistema de saúde. 

O secretário pontua também, que mesmo com esses números animadores, as pessoas não podem achar que a pandemia já passou e alerta para a necessidade de manter os cuidados e o distanciamento social, principalmente neste período junino. 

Nesta segunda-feira(14), a prefeitura municipal renovou o decreto municipal no qual continua com o toque de recolher todos os dias da semana, das 20h às 5h da manhã, bem como a proibição da comercialização de bebidas alcóolicas todos os dias das 18h às 5h. O novo decreto vigora até o próximo dia 21/06.

Blog do Ril de Beto


Nenhum comentário:

Postar um comentário