terça-feira, 13 de julho de 2021

Empresário de Jacobina tem prisão decretada por não pagar pensão alimentícia

 


Um empresário do ramo varejista de Jacobina, no Piemonte da Diamantina, teve a prisão decretada por não pagar pensão alimentícia. 

Segundo decisão da juíza Carla Graziela de Araújo, o acusado, Francisco Geraldo de Lima Sousa, alegou ausência de condição financeira para pagar o valor estipulado pela Justiça, mas não comprovou a justificativa em provas nem atestou ter contribuído com montante diverso à alimentação da filha, de cinco anos.

Por conta de uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça, a prisão do empresário, pelo período de 60 dias, deve ser cumprida como domiciliar. Para evitar a detenção, o acusado deve arcar com o pagamento integral da dívida pendente. Os valores não foram informados.
Fonte: Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário