domingo, 31 de outubro de 2021

MG: Em confronto, polícias matam 25 suspeitos de integrar Novo Cangaço

 

Divulgação/PMMG

Um confronto entre Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF) contra uma quadrilha do chamado “Novo Cangaço” terminou com a morte de 25 suspeitos. O caso ocorreu em Varginha, interior de Minas Gerais, neste domingo (31/10).

De acordo com as corporações, o suposto grupo criminoso foi emboscado em duas chácaras. Na primeira, o tiroteio culminou em 18 óbitos, nenhum deles entre policiais. Em outro local, mais 7 suspeitos foram mortos.

De acordo com informações preliminares, a origem da operação conjunta se deu por meio de levantamento feito pela PRF.

A quadrilha era investigada por roubo a bancos e, após o primeiro confronto, houve apreensão de 10 fuzis, munições, coletes à prova de bala e 10 veículos roubados. Depois da segunda troca de tiros, outras 3 armas calibre ponto 50 e granadas foram recuperadas pelas forças policiais.

Sobreviventes
A corporação não informou se restou algum sobrevivente na ação. De acordo com a PRF, “foi prestado socorro” aos 25 suspeitos baleados, mas “todos vieram a óbito”. Nenhuma das corporações informou se outros suspeitos foram detidos ainda com vida, ou como avançarão as investigações.

Sem maiores explicações a capitão da Polícia Militar mineira Layla Brunnela emitiu comunicado por meio de vídeo nas redes sociais no qual aponta que “provavelmente” esta se trate da “maior operação referente ao Novo Cangaço” no país. De acordo com ela, “muitos infratores fariam um roubo a banco e foram surpreendidos pelo nosso serviço de inteligência”.

De acordo com ela, os roubos se dariam “amanhã ou hoje”. A Polícia Federal (PF) será notificada da ocorrência, e a Polícia Militar de Minas concederá entrevista coletiva ainda hoje para dar maiores explicações, mas não deu previsão de horário.
Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário